Notícias do Setor

Seminário debate as transformações do mercado de embalagens impressas

O mercado de impressão se reuniu na manhã da última quinta-feira (6) no Auditório do Senai Barueri para um debate sobre o segmento de embalagens no Brasil e no mundo. Foi um momento para analisar os números de mercado, as tendências do setor e debater como as atuais tecnologias e as transformações da sociedade estão impactando e mudando conceitos hoje e nos próximos anos.

Com realização de APS Feiras e ANconsulting, o evento teve início com as boas-vindas de Thayer Long, presidente da NPES – associação gráfica americana, que falou em vídeo sobre o estudo promovido pela entidade através do Primir, organização para estudo do mercado gráfico, que teve como objetivo verificar o atual panorama da indústria global de embalagens impressas.

Em seguida, Hamilton Terni, diretor da ANconsulting e representante da NPES no Brasil, trouxe dados do estudo, dando uma visão global das embalagens impressas e destacando o panorama do segmento até 2020, em pesquisa feita com 26 países, incluindo o Brasil.

Nos últimos 10 anos, a produção de embalagens saltou de 36% para 43% do total do mercado gráfico. Segundo Hamilton, este número deve chegar nos próximos anos a 50%, ou seja, metade do que o setor de impressão produzir será embalagem. “Isto se dá por dois motivos principais: o primeiro é o fato da embalagem não ter ainda um substituto eletrônico; o segundo pelas funções fundamentais da embalagem, como proteção e comunicação”.

No âmbito mundial, o crescimento médio do mercado de embalagens impressas será de 5,2% ao ano até 2020 – no caso dos países emergentes, esta expectativa é maior, chegando em 6% ao ano. Os dados mostram que o Brasil, apesar da atual situação econômica, vai voltar a crescer em 2017 e ter uma alta na faixa dos 5% em 2018.

Fonte: http://www.guiadografico.com.br/noticias/seminario-debate-as-transformacoes-do-mercado-de-embalagens-impressas

Feiras & Eventos, Post Types, Standart Posts ,